Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Primeira semana de cursos abertos lota a Esaf

Notícias

Primeira semana de cursos abertos lota a Esaf

Exibir carrossel de imagens Crédito: Daniel Nek / Esaf Turma do curso Gestão de Riscos

Turma do curso Gestão de Riscos

A Esaf começou o segundo semestre de casa cheia com a oferta inicial para o mês de agosto de 26 cursos abertos, ou seja, patrocinados pela Escola e destinados prioritariamente a servidores públicos federais do Poder Executivo, bem como a servidores de outros Poderes, das demais esferas de governo e a empregados públicos.

A estratégia potencializa a utilização de competências da Esaf como centro de conhecimentos e capacitação governamental em temas que vão desde a administração fazendária até o desenvolvimento comportamental e gerencial.

Segundo o diretor-geral da Escola, Manuel Augusto, os cursos abertos visam potencializar a utilização dos recursos públicos, com o preenchimento máximo das turmas, aproveitando da melhor forma o conhecimento dos instrutores contratados, os recursos físicos e tecnológicos disponibilizados e a heterogeneidade dos alunos servidores públicos em exercício em diversas instituições. "Num contexto de eficiência exigida ao Estado, de escassez de recursos públicos e de extrema relevância do conhecimento como elemento estratégico, impõe-se a Esaf um papel muito mais ativo, identificando necessidades e temas estratégicos e utilizando sua ampla estrutura e reputação para a formação dos servidores. ”

Só nesta semana cinco cursos estão em andamento, somando 220 alunos. A identificação da demanda bastante superior à oferta sinaliza também novas edições de cursos já oferecidos. Até agora, a Esaf disponibilizou, apenas no mês de agosto, 747 vagas em diversos cursos, tendo 1.172 inscritos. O excedente aguarda abertura de novas turmas.

Giancarlo Freitas é do Banco Central - BCB. Carioca, recém-chegado em Brasília, diz estar muito bem impressionado com a Escola. Ele e mais três colegas do Banco escolheram o curso Contabilidade Pública. Como Analista do Crédito Rural do BCB, avalia que o conhecimento é necessário, já que o segmento rural está adequando sua contabilidade às normas internacionais, assim como todo o serviço público. Giancarlo considera uma oportunidade fazer cursos abertos na Esaf, que significam formação de qualidade e otimização de custos de capacitação.

É necessária a observância com relação às regras de cursos abertos (link para outra página do site), que solicita ao aluno o encaminhamento de informação de eventual desistência até cinco dias antes do início do curso. Desta forma, evita-se a ocupação da vaga de alguém que tenha interesse e disponibilidade naquele momento.

A Esaf ainda tem 11 cursos com inscrições abertas (link para outra página do site). Escolha o seu!